A casa está caindo para Marilyn Manson

Polícia faz busca na casa de Marilyn Manson após acusações de abuso

A casa está caindo para Marilyn Manson
Cena da terceira temporada de American Gods

Autoridades fizeram buscas na casa de Marilyn Manson, na segunda-feira (29/11), após o cantor ser acusado por diversas mulheres de abuso sexual e psicológico.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, Eva Jimenez, delegada do condado de Los Angeles, informou que um mandado de busca foi cumprido na casa de Brian Hugh Warner, nome verdadeiro de Manson. Não foram divulgados mais detalhes sobre a busca.

Marilyn Manson tinha “quartinho do estupro” em sua casa, diz cantora

Em janeiro deste ano, a polícia de Los Angeles abriu uma investigação contra o cantor para apurar acusações de abuso e violência doméstica. No começo deste mês, a atriz Evan Rachel Wood, ex-namorada de Manson, e outras quatro mulheres acusaram o cantor de abuso.

“O Escritório de Vítimas Especiais do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles está investigando alegações de violência doméstica envolvendo o Sr. Brian Warner, também conhecido como ‘Marilyn Manson’. Os incidentes ocorreram entre 2009 e 2011, quando o Sr. Warner morava na cidade de West Hollywood”, disse a polícia americana em comunicado.

Evan já tinha relatado casos de abuso, mas não citou nomes. Em 1º de fevereiro, ela afirmou se tratar de Marilyn Manson.”O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido mundialmente como Marilyn Manson. Ele começou a me aliciar quando eu ainda era uma adolescente e abusou terrivelmente de mim por anos”, escreveu.

“Eu sofria lavagem cerebral e fui manipulada à submissão. Estou cansada de viver com medo da retaliação, difamação ou de chantagens. Eu estou aqui para expor esse homem perigoso e denunciar às indústrias que o permitem atuar, antes que ele arruíne mais vidas. Eu estou ao lado das muitas vítimas que não vão mais se silenciar”, continuou, em post nas redes sociais.