Guerrero rescinde com Internacional e deixa o clube

O atacante peruano, deixou o time gaúcho depois de uma passagem marcada pelo episódio de doping e lesões. Além de não ter marcado nenhum gol em GreNal.

Guerrero rescinde com Internacional e deixa o clube

No final da manhã desta terça-feira (26), o Internacional confirmou a rescisão contratual com o atacante peruano, Paolo Guerrero. Aos 37 anos, ele deixa o colorado com uma passagem marcada por muitas lesões e o episódio de doping, que quase o tirou da Copa do Mundo de 2018.

Guerrero chegou ao Brasil em 2012, para jogar no Corinthians, que acabara de vencer a Libertadores. No alvi-negro virou ídolo e fez o gol do título mundial em 2012. Pelo Corinthians, ainda venceu o paulista de 2013 e a Recopa Sul-Americana do mesmo ano. Em meados de 2015, teve uma saída conturbada do timão e se transferiu para o Flamengo. Onde não teve uma grande passagem e só participou da conquista de um campeonato carioca, em 2017. Em 2018, o Internacional apostou no atacante, que estava suspenso por uso de substâncias ilícitas. A estreia aconteceu só em 2019.

Sua passagem pelo colorada começou muito bem, com uma alta média de gols e bom desempenho. No ano seguinte, o jogador sofreu uma lesão grave no joelho e depois seu espaço só diminuiu, ainda mais pelo sucesso de Yuri Alberto e Thiago Galhardo. Ao todo foram 72 jogos e 32 gols marcados pelo colorado. Nenhum título conquistado e nenhum gol marcado em GreNal. 

Ainda não épossível afirmar qual o próximo destino do centroavante peruano. Talvez não tenha futuro no Brasil, até pela sua idade avançada e lesões recentes. Quem sabe não seja a hora de retornar para seu país natal, onde é ídolo e capitão da seleção. Porém, após brilhar na Alemanha, Guerrero construiu uma trajetória de sucesso no Brasil, especialmente no Corinthians.